Fazer treinos HIIT vale a pena de verdade?

Fazer treinos HIIT vale a pena de verdade?

Se você ainda tem dúvidas sobre fazer treinos HIIT ou não é aconselhável ler o presente artigo, que explica com riqueza de detalhes as vantagens, o funcionamento e outros pontos relacionados a este sistema queridinho entre celebridades, que conseguem a proeza de eliminar excesso de barriga em poucas semanas.

Fazer treinos HIIT poupa tempo!

Você encontra nos ginásios, em uma esteira ou ergométrica, pessoas correndo na mesma velocidade de quatro a cinco vezes por semana com esperança de alcançar os objetivos de emagrecimento.

Estes corredores de academia parecem miseráveis, cansados e mentalmente exaustos de exercer a mesma coisa, uma e outra vez, com muito pouco resultado, como se fossem aquelas antiquadas máquinas dos primórdios da revolução industrial.

Então, a pessoa chega em casa depois do trabalho, pisa em cima da referida esteira e pressiona o grande botão para iniciar a rotina repetitiva. Geralmente este exemplo é associado aos perfis que parecem não encontrar a fórmula para perder barriga.

Você se mata em qualquer máquina cardio, de quatro a cinco vezes na semana, 30-60 minutos ao dia? Por favor, pare, pois apenas está prejudicando a si mesmo e perdendo seu tempo.

Por outro lado, fazer HIIT gera maiores vantagens por ser adaptável ao limite de tempo mínimo, enquanto aumenta a queima de gordura cada vez que você executa a rotina do treino, que por sinal é muito divertida, sem atividades repetitivas e entediantes.

Isso significa que você não tem que passar horas na esteira, basta fazer treinos HIIT três vezes por semana, entre 14-25 minutos ao dia, para conquistar resultados de bem-estar geral e alta efetividade na redução da gordura abdominal.

Localização não importa para fazer treinos HIIT

Você pode fazer treinos HIIT em praticamente qualquer lugar, sem necessidade de um ginásio. Tem uma faixa de espaço ao lado de sua casa? Piscina? Espaço-extra na sala de estar? Porão? High Intensity Interval Training pode ser realizado absolutamente em qualquer lugar!

Se há uma tempestade mortal lá fora e você não quer fazer a viagem para o ginásio, sem problemas! Basta colocar algumas roupas confortáveis e começar a fazer HIIT em casa.

Você não precisa de esteira, da ergométrica que está coberta de poeira em sua garagem ou qualquer equipamento de treino sofisticado, apenas use seu corpo para realizar os exercícios HIIT sem suar como se estivesse a noite inteira em uma balada de axé.

Além disto, já que não há limites em termos de velocidade, você pode mudar a sua rotina a cada duas semanas para evitar o tédio. Afinal de contas, repetições entediantes são razões que afastam muitas pessoas dos ginásios.

Resistência energética!

HIIT ajuda a melhorar desempenho em corridas de longa duração, além de ser o santo remédio natural para perder peso rapidamente. Por este motivo que muitos esportistas usam esta técnica como um dos segredos e mistérios para estar sempre em forma nos momentos decisivos do esporte.

Embora haja uma grande quantidade de pesquisas céticas, para a maior parte dos estudiosos, atletas e educadores físicos, o ato de fazer HIIT funciona como uma ótima maneira de aumentar a resistência rapidamente.

Pequenas corridas curtas com alta intensidade são importantes se você está pensando em correr numa corrida longa tipo a São Silvestre, treinando para provas com obstáculos, ou, cansou de subir degraus de escadas.

Esta é uma ótima maneira de tornar a utilização do corpo melhor nas rajadas curtas de energia que a vida exige, como, por exemplo, se aproximar do ônibus que você quase perdeu, brincar com as crianças, perseguir o cão depois que viu um gato, etc.

Se você sente falta de ar, tonturas e cãibras musculares assim que começa a fazer algo ativo, então, lentamente incorpore HIIT em sua programação.

Preserva a massa muscular

Salve a musculatura magra ao fazer HIIT. Exercícios intervalados de alta intensidade diminuem as chances de o corpo utilizar seus músculos como combustível, pois preserva a massa magra, algo que não acontece nas sessões de cardio regulares.

Ao conservar seus músculos, você vai manter a força enquanto melhora a resistência para desempenhar outras atividades do dia.

Um estudo da Universidade Laval (Quebec / Canadá) concluiu que, além de uma diminuição da gordura corporal depois de um programa de treinamento de HIIT, as fibras musculares dos participantes tinham mais marcadores superiores substanciais para a queima de gordura do que aqueles no grupo de exercício cardio estacionário.

Deixe seu comentário!